Sao Paulo é a "locomotora financeira" do país